Frente fria formou uma linha de tempestades que cruzou o Rio Grande do Sul

SEJA O PRIMEIRO A COMPARTILHAR ISSO >

Facebook
WhatsApp

A chegada de frente fria formou uma linha de tempestades que cruzou o Rio Grande do Sul na madrugada desta quinta com vendavais por diversas áreas. Um forte jato de baixos níveis antecipou a chegada da frente e garantiu uma madrugada de intenso abafamento com marcas acima de 30°C. Uma linha de tempestades, como os modelos antecipavam, se formou de Oeste a Leste do Estado por centenas de quilômetros se deslocando de Sul para Norte. A temperatura ao redor das 5h da madrugada, segundo medição da rede de estações automáticas do INMET, era de 32,7°C em Campo Bom. Esse linha de tempestades era formada por nuvens de grande desenvolvimento vertical com topo frio e alta incidência de raios. O deslocamento foi muito rápido e em cerca de 3 horas a linha avançou da fronteira com o Uruguai até atingir a região central do Estado.

VENDAVAIS DE MAIS 140 KM/H ATINGIRAM O ESTADO

Entre o fim da noite de ontem e a madrugada desta quinta-feira os vendavais acompanharam a passagem da frente. As rajadas de vento ultrapassaram os 100 km/h em vários municípios, conforme registro da rede de dados do INMET,  conforme lista abaixo:

Soledade 141 km/h – Cruz Alta 140 km/h – Rio Grande 114 km/h – Capão do Leão 110 km/h – São Borja 107 km/h – São Luiz Gonzaga 91 km/h – Santa Maria 91 km/h – Canguçu 90 km/h – Porto Alegre 90 km/h – Dom Pedrito 88 km/h – Santana do Livramento 85 km/h – Quaraí 85 km/h – Teutônia 84 km/h – Santa Vitoria do Palmar 83 km/h – Bento Gonçalves 75 km/h

CHUVA

O avanço rápido da instabilidade fez com que os volumes de precipitação não fossem tão elevados. Segundo rede de dados do SIMAGRO, CEMADEN e INMET das últimas 12 horas choveu 98 mm em Jaguarão, 59 mm em Rio Grande, 40 mm em Bagé, Uruguaiana e Dom Pedrito, 36 m em Rosário do Sul e Alegrete, 32 mm em Caçapava do Sul e Santiago.

SEJA O PRIMEIRO A COMPARTILHAR ISSO >

Facebook
WhatsApp